Loui, o palhaço medonho & outros contos sombrios

Resenha  – Loui, o palhaço medonho & outros contos sombrios

por: Caroline Moreira

Sinopse: Acervo sombrio de Leonardo Otaciano e Matheuz Silva ocupado por tétricos vilões, criaturas sobrenaturais, elementos sanguinários, jovens possessos e um medonho palhaço, seres presenciados pelo leitor em âmbitos excêntricos e corriqueiros. O medo será um louvável companheiro durante as descobertas nefastas destes recontos.barrinha
9ace60d1-2f89-4314-97da-b243d6cbf81c

barrinha
Já tivemos as primeiras impressões acerca desse livro com a opinião da Mari, agora, o veredito final conta com a minha experiência ao ler os contos. Com personagens únicos e cenários diversificados, o terror se faz presente nos contos de Leonardo Otaviano e Matheuz Silva. Poderia ficar horas elogiando a capa, que garante o susto por si só,  porém ela não é o único atrativo nesse sentido. A cada conto, há uma imagem relacionada e uma frase de impacto, pronta para te deixar no clima (ou se você for amante de terror e não se assusta com nada, como eu, vai admirar a arte por um bom tempo).
barrinha
d6e81364-04a7-4bd2-a938-9f856f07aeceO livro começa logo mostrando porque Loui se destaca no título, o primeiro conto apresenta o macabro palhaço que continua aprontando nos demais contos. Não, ele não é o tipo que faz participação especial e surge em histórias aleatórias. É o seguinte: os contos são intercalados, então, quando você pensa que esqueceu dele o dito cujo aparece para marcar presença. Penso que isso é um dos aspectos favoráveis e um dos que mais gostei no livro, além disso, cada conto é como viajar (só que de uma forma não tão divertida para os personagens, já que a proposta da obra é terror né).
barrinha
Enfim, os contos nos permitem ter acesso a cada pedaço do mundo, foram lugares bem distintos e inusitados, e havia nomes bem interessantes. Claro, alguns se passam no nosso território mesmo, porém os autores quiseram trazer um pouco de fora sem perder a essência do que é daqui. Conseguiram compreender? A única coisa que me incomodou um pouco e pode atrapalhar na sua leitura é a presença de alguns palavrões, mas isso varia de pessoa para pessoa e não é um ponto muito negativo, então, dá para contornar.barrinha
6900da75-8d60-4b52-817b-d82069d76e45
Agora, vamos falar de “O cemitério perdido” que foi o meu conto preferido, sem dúvidas! Os acontecimentos são na Inglaterra, Birmingham no ano de 2001 e quando li parecia um clichê ou sei lá, um enredo que eu sabia onde iria parar. Mas, aí vem a sacada dos autores, e que puta final pra esse conto! Olha a boca, guria… Bom, ele teve um desfecho digno e surpreendente, pra mim, foi o melhor de todos. Será que Loui vai ficar enciumado e vir me assustar agora? Tá amarrado.barrinha
5596c25f-acdc-492f-90fb-4270066f2d62
Então, meus amores, tudo depende do que vocês querem ler: não senti exatamente medo. Talvez porque eu sou louca, mas o que quero dizer com isso é, não leiam com a intenção de não conseguirem dormir de noite. Considero sim uma leitura válida, entretanto, como mencionei antes, pelas surpresas e desenvolvimento das histórias. Claro, você pode ler e morrer de medo! Só que euzinha prefiro dizer que é um livro com design maravilhoso e contos pra você dar aquele susto, aquele mini enfarto e seguir com a vida em ordem. Por isso, medrosos de plantão: deem uma chance também. Se você já leu, comente aqui o que achou e se concorda e/ou discorda de mim!barrinha
Adquira o seu exemplar aqui! Ah, além de terror, a editora Fonzie também trabalha com literatura fantástica com  Seres do além e tem uma antologia chamada Bichanos, Contando Gatos (aquela propaganda básica <3) PS: A capa da antologia é toda amor!!!

carol eu

 

Dona de 18 primaveras. Feminista. Estudante de Pedagogia. Amante de MPB, animes, k-pop, doramas e uma boa xícara de café. Não vive sem livros, filmes ou maquiagem. É apaixonada por Fred Elboni e quer proteger todos os animais do mundo 🌸

FacebookInstagramSkoobTwitterFlickr

Anúncios

26 comentários em “Loui, o palhaço medonho & outros contos sombrios

  1. Acho que vc não é a única louca não viu! Que imagens lindas, bem feitas, e esse palhaço na capa muito bem produzido. Ainda não tive o prazer de ler esse livro, ja li tantas resenhas positivas que a vontade so aumenta. Parabéns pela resenha. Bjo

    Curtido por 1 pessoa

  2. Também não sou de sentir medo com essas coisas. Pouquíssimos filmes conseguem alguma coisa comigo nesse sentido, e até agora nunca tive nada com livros hahaha. Pelo pouco que sabia do livro, já tinha a ideia de que não seria algo extremamente medonho, mas curti o fato dos contos serem intercalados e fiquei curiosa com as imagens que aparecem na edição. Não sei se leria agora, mas quem sabe um dia né? Li muitos livros de terror no mês passado, preciso de outros ares hahaha. Beijos!!

    ourbravenewblog.weebly.com

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ahahah compreendo totalmente, Carol. Pois é, filmes se bem trabalhados dá um coiso, mas livros pra me assustar… acho que só se sair algo de dentro aushuahusha Obrigada pelo comentário, super admiro você! Beijão ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s