Reescrevendo sonhos

Resenha  – Reescrevendo sonhos

por: Caroline Moreira

reescrevendo_sonhos_1474933881610109sk1474933881b

Sinopse: Luciana sempre soube da capacidade de sua mente de criar boas histórias para os seus livros, mas jamais poderia imaginar que também poderiam surgir sonhos tão fora do comum.  A escritora, que encontrou a prisão de uma crise criativa depois de uma tragédia vivida, viu nos sonhos com o rosto de uma mulher desconhecida o impulso que precisava para começar um novo livro. No entanto, a ausência de respostas para a origem da misteriosa alucinação acabou não permitindo que a história encontrasse um desfecho adequado. O que ela não poderia esperar era que a ajuda viria de Bárbara, uma pessoa enviada especialmente pela editora, cuja semelhança assustadora com a pessoa de seus sonhos fez com que as perguntas sobre os mistérios de sua mente ficassem ainda mais complexas e intrigantes. Reescrevendo Sonhos é uma história sobre barreiras que são impostas por nós mesmos. E como a mente, um lugar realmente misterioso, pode revelar mais respostas que podemos imaginar. 

Número de páginas: 200
barra

A narrativa não-linear de “Reescrevendo sonhos” nos enche de um misto de curiosidade para desvendar o evento traumático pelo qual a protagonista passou, e também um pouco de confusão, deixe-me explicar melhor, o enredo se inicia e discorre normalmente; nele, somos apresentados à Luciana, uma escritora que visita seu psicólogo regularmente para conseguir lidar com o que aconteceu. Não há muitas explicações, inicialmente, sobre a situação que a levou a realizar terapia, porém, é perceptível o quanto a personagem precisa de ajuda profissional.

A partir deste ponto, somos arrastados para esse mistério que só nos é revelado próximo das últimas páginas. Para contribuir, o trauma afetou tanto a esfera pessoal quanto profissional, embora ela continue em seu cargo na editora, a realização do sonho referente ao lançamento de seu livro lhe parece um tanto inviável na situação em que se encontra. Na ausência de inspiração, ela não consegue arranjar um fim para o livro, dilema que está ocasionado por causa da falta de planejamento, segundo ela.

[…] que me ensinou que o amor é uma coautoria.

Porém, isso se deve ao fato de que ele fora baseado em uma alucinação, e portanto, não sabia como terminá-lo sem conhecer o motivo de tais aparições. Isso até que a mulher dos sonhos constantes, que lhe provocam os mais distintos pensamentos, materialize-se em sua vida. Sem relação com fantasia ou misticismo, esse encontro irá virar o mundo da escritora, que está ansiando por respostas, de cabeça para baixo.

As emoções mostradas não se limitam a descrições vagas, elas transbordam nos gestos e nas linhas. Um dos aspectos mais impressionantes da obra, para mim, foi como Marcia trabalhou cada um dos personagens. São seres densos e complexos, tão próximos de serem reais, que a sensação de que eles existem é quase palpável. Esse sentimento se estende até o desenvolvimento do livro: cada detalhe nos leva a imaginação de cada cena e situação, tornando-nos próximos e também donos das dores, angústias e prazeres pertencentes aos personagens.

[…] Sabia que se ficasse por muito tempo perto de alguém acabaria por revelar o real estado de sua alma, que se assemelhava à cicatriz que carregava no corpo.

A escrita de Marcia Dantas possui um equilíbrio, isto é, não chega a ser um linguajar complexo que exige um leitor com um vocabulário exímio e também não deixa a desejar na questão de ter uma qualidade impecável, gramaticalmente falando. Conta não somente com a presença de diálogos descontraídos, mas bem estruturados, como também de sentenças e descrições narradas com a seriedade que o contexto necessita. Sendo assim, a autora soube conduzir a trama, não sendo uma leitura monótona e também não se desvencilhando da norma culta sem perder o bom humor e carisma.

A narrativa aborda, sobretudo, a possibilidade de recomeçar e, para isso, nos apresenta duas realidades opostas; ainda que isso possa soar clichê, de alguma forma, não o é. Através de uma escrita leve, ainda que paire momentos de tensão e tristeza, Marcia surpreende e nos deixa continuamente ansiosos até a última página. Desta maneira, tomo a obra como um aprendizado e uma leitura gratificante, ideal para quem quiser mergulhar nas águas desconhecidas que afogam Luciana. Está preparado para essa imersão literária?

Acompanhe o trabalho da autora na página do Facebook, Instagram e também no Site ❤

carol eu

 

 

Dona de 18 primaveras. Feminista. Estudante de Pedagogia. Amante de MPB, animes, k-pop, doramas e uma boa xícara de café. Não vive sem livros, filmes ou maquiagem. É apaixonada por Fred Elboni e quer proteger todos os animais do mundo 🌸

 FacebookInstagramSkoobTwitterFlickr

Anúncios

51 comentários em “Reescrevendo sonhos

  1. Descobri a pouco tempo que livros com essa temática me incomada e ao mesmo tempo me ensina, o que é bizarro para mim!! É incrível como os autores fazem essa mágica nos nossos sentimentos através dos personagens.
    Adorei a sua resenha e quero ler sim esse livro.

    Beijo da Cá! – Blog Fala Cá!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Se eu queria ler esse livro?
    Queria!
    Mas depois dá sua resenha, eu PRECISO!
    Que livro é esse? Amo um bom mistério. E você o fez transbordar através de sua resenha.
    Parabéns.
    Beijos
    Patricia _ Blog Saberes Literários

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi Carol,

    Eu fiquei bem curiosa pela obra, é o tipo de livro que consegue me cativar. Gosto de histórias que nos passam personagens que beiram o realismo, que não ficam apenas em uma linearidade chata. As emoções e sensações parecem serem bem exploradas e isto seria o que mais me prenderia. Uma ótima dica e como sempre você arrasou na resenha.

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s