O Fio de Ariadne

Resenha – O Fio de Ariadne

por: Marina Rodrigues

O_FIO_DE_ARIADNE_1456235187565854SK1456235187B

Sinopse: Quando nascemos já temos nossa trajetória preparada, escrita nos mínimos detalhes. Isso se chama destino. E quando ele decide unir duas ou mais vidas, diversas coisas podem acontecer: uma relação amorosa, amizades, inveja, ódio e, inclusive, mortes. Sara é uma jovem de 18 anos que perdeu a mãe muito cedo e foi criada por seu pai Antônio, que sempre procurou cobri-la com muito carinho, amor, atenção e uma proteção que aparentemente impedia que ela sofresse qualquer mal. Porém, o destino submete todos à sua vontade. Sara é assombrada por fantasmas do passado de tal forma que a proteção tão bem construída por Antônio pode vir a ruir. Haverá salvação para a iminente destruição? 

Número de páginas: 240
Onde encontrar? Saraiva & Livraria da Travessa
barra

Provavelmente vocês devem conhecer a mitologia sobre o Fio de Ariadne. Antigamente, Atenas e Creta teriam se envolvido em uma guerra, motivada pelo ateniano Egeu ter enviado Androgeu, filho de Minos, rei de Creta, para combater o touro de Maratona, porém ele foi morto em combate. Assim, Minos decretou guerra a Atenas, no meio do conflito, o pai de Minos, Zeus, enviou uma praga ao exército inimigo, fazendo com que Creta vencesse a guerra. Com a derrota de Egeu, Minos estabeleu uma taxa a cada nove anos, a taxa seria o envio de sete meninos e de sete meninas para o Labirinto do Minotauro, construído por Dédalo, essas 14 pessoas deveriam combater o monstro. Então, sabia-se ninguém saia vivo de lá, até que Teseu se voluntariou, e antes de ir ele consultou o Oráculo de Delfos, que disse que ele sairia vivo se contasse com o amor para viver. Em Creta, Teseu conheceu Ariadne, filha de Minos, apaixonados, ela prometeu-lhe escapatória do labirinto se ele a levasse para Atenas para se casarem, assim, ele cumpriu a promessa e ela lhe deu uma espada e um novelo de linha para marcar o caminho de volta. No fim, Teseu venceu Minotauro e viveu seu amor eterno com Ariadne.

Mas o que isso teria a ver com Sara e sua trajetória? Sara aparenta ser apenas uma adolescente normal tentando sobreviver ao último ano do ensino médio e passar no vestibular. Além disso, também descobrimos que ela é escritora e está lançando seu primeiro livro, que possui apenas o pai e a mãe morreu no seu parto. Ao mesmo tempo, descobrimos que ocorreu um assassinato, Ágata havia matado seu marido, Alexandre, no intuito de roubar sua fortuna, tudo aparentemente sem relação com a história e vida de Sara e Antônio, seu pai. Então, enquanto conhecemos um pouco mais da vida de nossa personagem principal, também vamos acompanhando as investigações do crime, tudo em capítulos intercalados. barraA vida de Sara é uma confusão de pensamentos e acontecimentos, ela se vê perto das provas finais e apaixonada por Samuel, em quem não para de pensar, uma amiga com quem briga por ter espalhado um segredo seu pela escola, o andamento da publicação de seu primeiro livro e, ao mesmo tempo, ela tem que lidar com o pai carinhoso e solitário e Genoveva, uma pessoa que ela considera como uma mãe e que passa a morar com ela e Antônio enquanto se recupera de um ataque cardíaco. A outra história acompanha a fuga de Ágata e a investigação do crime pela extremamente competente delegada Martha Rocha, que se vê desafiada ao receber uma carta de confissão, mas nem um paradeiro da procurada.

O livro é bem rapidinho, com apenas 240 páginas, se você estiver desocupado consegue ler tudo em um dia. Trata-se basicamente de um romance policial, mas com pitadas de romance e, inclusive, muita comédia; foi impossível, em uma das primeiras vezes que leio um livro tão descontraído e tenho essa reação, não soltar uma risada alta ao ler alguns dos pensamentos ou tiradas de Sara. O fato é que, irremediavelmente, apaixonei-me pela personagem principal e todos os personagens subsequentes — exceto os antagonistas, que realmente amei o final merecido que eles tiveram!

A escrita não possui erros e é extremamente concisa, objetiva, talvez pelo livro em si ser curtinho, a linguagem tenha se adaptado. Já recebi alguns livros do selo Talentos da Literatura Brasileira da editora Novo Século e não havia gostado de nem um, não querendo generalizar ou denegrir nem uma obra desse selo, mas achei a qualidade do livro aquém do esperado, embora eu ache que alguns poucos ajustes o levariam mais longe. Falando novamente desse selo, talvez esse seja um dos motivos que mais me deixam chateada em relação a ele: a qualidade é um tanto quanto baixa, tive o maior cuidado com meu exemplar e, mesmo assim, ele se desmanchou em minhas mãos, as folhas foram se soltando da capa, mesmo eu percebendo e o manuseando com o maior cuidado, o que deixava uma tensão enquanto virava as páginas. Além disso, o nome do livro na capa parece um pouco apagado em contraste com a imagem de fundo, o que torna um pouco ruim de enxergar de longe ou até mesmo em fotos. Mas, fora tais pontos, a diagramação interna é muito boa, a fonte do texto é confortável e a da divisão dos capítulos é super bonita, também amei o fato de possuir balões de diálogo ilustrando mensagens de texto.

Infelizmente, achei algumas inconsistências na história. No capítulo I, página 30, Sara fala que sua melhor amiga é Letícia, mas depois, no livro inteiro e no capítulo II, página 35, sua melhor amiga é Mariana, claro que essa pontuação pode parecer chatice da minha parte, mas apresentar elas como “uma das melhores amigas” seria mais apropriado e não teria me feito voltar ao primeiro capítulo para lê-lo novamente, de qualquer forma, se as mulheres tem uma relação que é tipo casamento: essa é a “melhor amizade”. Ademais, no capítulo XXIV, página 223, há um personagem que fala que não recebeu dinheiro para fazer o “trabalho sujo”, mas depois, no capitulo XXVI, página 231, ele fala que a antagonista havia dado o dinheiro com o qual ele vivia. Creio que são apenas esses pontos, pois estava tão imersa na história que talvez eu possa ter passado outros ou não, mas esses logo saltaram a meus olhos.

Achei muito legal o fato de o livro ser bastante atual. Mas, Marina, como assim “atual”? Todos os livros que lemos e que foram lançados pelo menos de cinco anos para cá não são atuais? Não! Eu, pelo menos, opinião minha, divido os livros em quatro categorias: livros de época, livros atuais, livros que marcam uma década e os livros atemporais, bem, deixa eu explicar isso melhor. Os livros de época e os livros atemporais vocês já conhecem, os livros que marcam décadas são aqueles que lembram os anos 60, 80 e assim por diante, já os livros atuais são aqueles que, embora eventualmente se transformem em livros de década, tratam de coisas que estamos em contato e está na moda agora, como Whatsapp, Facebook, alguns programas e séries que ainda estão passando na TV e que não acabaram, como Game of Thrones ou Walking Dead, certos modos de se vestir, ou será que se o livro dissesse que ela se comunica por Orkut você o acharia atual? Mas esse é o modo que vejo as coisas e claro que às vezes esses tipos inventados por mim podem se misturar! Visto isso, amei ler sobre uma adolescente como eu, que usa o whatsapp e até mesmo assiste ao Programa do Jô!

Outra coisa bem legal e que eu gosto muito nesse gênero de livros é que as duas histórias, de Sara e do assassinato, se passem, primeiramente, paralelamente, como se tivéssemos lendo dois livros diferentes e que depois, de uma forma incrível e surpreendente, vão se ligando através de fios tênues e vão se embolando em um novelo de revelações. Portanto, creio que é aí que finalmente entendemos o nome do livro e a associação que podemos fazer com todas essas histórias: foi o amor que os fez encontrar a saída.

MARI

 

Gosta de escrever na terceira pessoa, comer brigadeiro de colher e ler creepypasta de noite. Aprecia boa música, é uma cinéfila irremediável, leitora compulsiva e fã número um de uma boa xícara de café. Ariana, 21 anos, estudante de Medicina e não adepta de rótulos.

FacebookInstagramSkoobFlickr

Anúncios

75 comentários em “O Fio de Ariadne

  1. Adorei a sua opinião sobre o livro!! A resenha ficou espetacular!!! E além de a capa ser linda, tenho certeza que que é um livro que eu gostaria de ler e ter na estante, além de ter essa pitada de suspense que me agrada e muito!!
    Beijos!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Para ser sincera, eu sei zero sobre mitologia, então não conhecia hahaha.
    A história do livro me interessa um pouco por conta do gênero, mas tive tantas decepções com livros policiais que tenho até medo. Inclusive, o pior policial nacional que eu li veio dessa editora, então imagina o meu trauma? hahahaha. Sei que não deveria generalizar, mas ainda tenho receio…

    Curtir

    1. Tudo que aprendi sobre mitologia foi com Percy Jackson hahahaha inclusive, recomendo como um estudo introdutório e descontraído hahaha
      Sabe que o pior romance policial que já li foi dessa editora também? Ainda bem que não julguei um pelo outro! haha te recomendo dar essa chance, mas é um livro despretensioso, então leia com olhos de quem senta numa tarde desocupada e precisa apenas ler uma boa e divertida história!

      Curtir

  3. Olá!
    Que resenha incrível! As opiniões vem expostas e os detalhes da história bem escritos. Parabéns.
    Não sabia deste livro, ele carrega uma boa história, eu gostei. Achei interessante o rumo que toma, e se eu ler, com certeza me prenderia… Dica anotada (:

    Beijo,beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

  4. Que resenha gostosa! Adorei suas opiniões e fiquei muito curiosa para saber dessas ligações…
    Adoro um bom suspense, ainda mais quando tem uma pitada de humor.
    Beijos
    Patricia
    Saberes Literários

    Curtido por 1 pessoa

  5. Esse livro parece ser tão bom,lembra muitos outros livros estrangeiros, e isso mostra que nossa literatura está cada vez melhor.Esse fato da história se passar paralelamente e depois se ligarem parece ótimo. O livro Além Mundos,do Scott Westerfield é nesse estilo também.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s