Novos Rostos, Novas Cores

Resenha – Novos Rostos, Novas Cores

por: Caroline Moreira

novos_rostosn_novas_cores_1471281584605237sk1471281584b

Sinopse: Logo após ter sua vida virada de cabeça para baixo ao descobrir que é uma sereia, Serena começa a receber mensagens ameaçadoras de alguém que diz saber seu segredo. Ela decide esconder seus poderes o máximo que consegue, mas não é nada fácil quando James, o novo garoto estrangeiro, chega na escola e faz com que uma nova cor surja em seus olhos, que nem ela nem Aísha, sua melhor amiga, conseguem identificar. Além de James, também chega na escola Malía, a garota misteriosa que apresenta todos os sinais de ser uma sereia da lua azul, assim como Serena, mas com um pequeno porém, é um ano mais nova que ela, o que torna esse fato impossível. Enquanto tenta desvendar o significado da nova cor de seus olhos e saber mais sobre Malía, Serena acaba descobrindo que alguém muito próximo não é quem ela pensava e, para proteger a si mesma e as pessoas com quem se importa, vê-se obrigada a fazer algo que pode prejudicar muita gente, especialmente si mesma.

Número de páginas: 192
Onde encontrar? Submarino
barra
 A sequência feita por Heloísa possui um nível de escrita sutilmente amadurecido, pois um fora escrito com dezessete anos e este aos dezenove já apresenta leves mudanças de sua evolução como escritora.

A história agora troca o foco, antes havia uma Serena hesitante e que mal tinha controle sobre os seus poderes, agora ela tem certo domínio e reage diferente frente ao que vivenciou e descobriu de si mesma. Além disso, como consequência de mensagens ameaçadoras, ocorre a anulação momentânea dos poderes de Serena para protegê-la da exposição, visto que um aluno estrangeiro que acabou de chegar está sempre bagunçando os seus poderes e também mudando a coloração de seus olhos para uma que não consta em seu padrão de cores. A premissa ainda conta com Malía, uma nova e misteriosa garota que suspeitam ser uma sereia da lua azul exceto pelo fato de que é impossível por ser um ano mais nova que Serena.

Ainda existe a fluídez que permite uma leitura de ritmo rápido e quase ininterrupto, assim como a linguagem infanto-juvenil, porém as descrições e os diálogos nos proporcionam maior envolvimento e informações relevantes, o que é necessário em um livro fantástico que também conta com uma aura misteriosa em sua trama.

Desta vez, temos acesso ao universo teen novamente através da chegada de um novato e o reboliço causado por ele nas estudantes, um clichê que conseguiu manter sua singularidade porque não sabemos quais dos personagens novos são pertencentes ao bem e ao mal. Além do novato, temos Lex que também se torna estudante posteriormente na mesma escola, e por alguma razão, os novos alunos não confiam um no outro apesar de serem obrigados a conviver dentro do mesmo círculo de amizades.

Na continuação de Apenas uma garota comum observamos uma maior movimentação do que no primeiro livro, repleto de revelações e reviravoltas, faz com que o leitor se surpreenda e também elabore questionamentos acerca do futuro da narrativa ao longo das páginas.

Também cria-se um cenário de suspense devido aos bilhetes os quais apontam que a protagonista está sendo vigiada e o seu segredo corre perigo. Seria apenas uma brincadeira de mal gosto ou deveria ser levado a sério? Este fato, por menor que pareça ser, abriu um leque de personagens que a meu ver se encaixaria entre a primeira opção e a segunda.

O desfecho novamente deixa o fim em aberto, o que me faz considerar uma trilogia. Admito que este final é bem mais atrativo por deixar o leitor curioso e intrigado com uma simples deixa, provocando-o a descobrir: afinal, quem é o autor das chantagens? O que ele é capaz de fazer e por quê? Por fim, creio que está literatura foi mais marcante que o primeiro título, embora ambas sejam leituras agradáveis e para quem gosta de fantasia mas almeja algo leve e divertido, penso que irá gostar tanto quanto eu.

carol eu

 

 

Dona de 18 primaveras. Feminista. Estudante de Pedagogia. Amante de MPB, animes, k-pop, doramas e uma boa xícara de café. Não vive sem livros, filmes ou maquiagem. É apaixonada por Fred Elboni e quer proteger todos os animais do mundo 🌸

FacebookInstagramSkoobTwitterFlickr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s