O doce luar da primavera

Resenha – O doce luar da primavera

por: Caroline Moreira

O_DOCE_LUAR_DA_PRIMAVERA_1476235372619318SK1476235372B

Sinopse: De vez em quando eu me dispunha a rabiscar uns versos, verbos, verbetes. Eram curtos, sem muito conteúdo. Eu tentava, por vezes, escrever e descrever o que sentia, via e imaginava. Para falar a verdade, eu sentia, via e imaginava muito mais do que pudera escrever. Não tinha o dom, mas tinha vontade. Tinha necessidade. Todavia, a cada linha que percorria, aliviava-me a alma. Descarregara um peso que teimava em acumular. Com o tempo, tornava-se cada vez mais comum transferir meus pensamentos para o papel. Qualquer ideia solta virava verso. Logo já era prosa. Não era intencional. Quando logo vira, já estava transcrevendo tudo que se passava em minha mente e principal: em meu coração. Dedicando-me à escrita tive um aprendizado: não tinha dom para escrever, mas podia sentir, ver e imaginar… o que, pra mim, valia muito mais.  Continuar lendo

Anúncios

Minhas Conversas com o Diabo

Resenha – Minhas Conversas com o Diabo

por: Marina Rodrigues

MINHAS_CONVERSAS_COM_O_DIABO_1473246613610348SK1473246613B

Sinopse: […] Do mesmo autor de “A terra por onde caminho”, “Minhas conversas com o diabo”, de Mário Bentes, reúne uma coletânea de contos onde tais potestades da terra e do ar encontram-se com seres humanos que, ao contrário dos reis e de outros homens de poder, almejavam coisas simples: reconhecimento profissional, rever um familiar desaparecido ou ter uma nova chance pelo amor. Mas os saberes arcanos, repassados pelos caídos, têm seu preço: seja ele em peso de ouro, prata ou carne. E, cedo ou tarde, eles voltam para cobrar a conta.  Continuar lendo

Contos Sutilmente, Imersão e Caleidoscópio

Resenha – Contos Sutilmente, Imersão e Caleidoscópio

por: Caroline Moreira

nina spim

Os contos Sutilmente, Imersão e Caleidoscópio foram o meu primeiro contato com a escrita da autora, sendo assim, limitei-me a não criar expectativas e simplesmente permitir que a leitura fluísse. Com base nas descrições dos contos e na parte estética, estava realmente curiosa sobre como Nina Spim trabalharia temáticas tão complexas quanto a depressão e a deficiência visual e ainda assim nos traria um romance leve e nostálgico em tempos de escola.  Continuar lendo

Do caos à esperança

Resenha  – Do caos à esperança

por: Jéssica Deyna

do_caos_a_esperanca_1404675832b

Sinopse: As histórias aqui narradas são resultado de fases diferentes das quais eu e minhas personagens passamos para chegar onde estamos hoje. Ao escolher textos curtos pensei em você leitor, que terá maneiras diferentes de se envolver com a leitura. Ao abrir esse livro poderá se apoderar de cada texto, terá a chance de começar do meio, do fim, do início ou escolher algum aleatório e em cada passagem, espero, que mergulhe nos sentimentos que essas personagens transmitem, mas não se afogue. Desejo um final feliz à você!  Continuar lendo

Pilares Eternos – Contos Fantásticos

“Até 30 de abril de 2017, a Andross Editora estará recebendo contos fantásticos para publicação no livro PILARES ETERNOS”

A Andross pilares_capaEditora está recebendo contos fantásticos para publicação no livro “Pilares Eternos – Contos fantásticos”, a ser lançado em outubro de 2017 no evento Livros em Pauta.

Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 30 de abril de 2017.

Todos os autores que forem aprovados para publicação nessa coletânea automaticamente concorrerão ao STRIX, prêmio criado e concedido pela Andross Editora aos autores cujos textos mais se destacarem em suas coletâneas. O processo de votação encontra-se no site do prêmio.

Continuar lendo

Loui, o palhaço medonho & outros contos sombrios

Resenha  – Loui, o palhaço medonho & outros contos sombrios

por: Caroline Moreira

Sinopse: Acervo sombrio de Leonardo Otaciano e Matheuz Silva ocupado por tétricos vilões, criaturas sobrenaturais, elementos sanguinários, jovens possessos e um medonho palhaço, seres presenciados pelo leitor em âmbitos excêntricos e corriqueiros. O medo será um louvável companheiro durante as descobertas nefastas destes recontos.barrinha
9ace60d1-2f89-4314-97da-b243d6cbf81c

Continuar lendo